Palacete das Artes

O Palacete do Comendador Bernardo Martins Catharino, também chamado de “Villa Catharino” teve seu projeto arquitetônico arrojado e inovador, idealizado pelo arquiteto Rossi Baptista e decorado por Oreste Sercelli, sendo concluído em 1912. Expressando a ânsia que a burguesia baiana tinha por modernização ao modo dos ingleses e franceses; o chamado “Palacete Catharino”, situado no bairro da Graça, representa o forte poder econômico de algumas famílias baianas, e nesse caso específico, evidencia a grandeza artística de uma obra arquitetônica monumental, onde mais que residência, serviu também, como instrumento raro de fruição artística para os habitantes da antiga Cidade da Bahia.

Após seu tombamento, o Palacete abrigou a Secretaria Estadual da Educação e Cultura e os Conselhos Estaduais de Educação e de Cultura, até ser destinado a sediar o Palacete das Artes, em 2003. Com o novo uso proposto, o Palacete recebeu um grande projeto de restauração e adaptação, com redimensionamento de alguns espaços internos e recuperação de todos os seus elementos estruturais e decorativos. Adaptou-se à mansão um anexo, de traços arquitetônicos modernos, que passou a ser chamado de Sala Contemporânea, destinada a abrigar exposições temporárias.

Também foram incorporadas aos jardins do Palacete quatro peças do escultor Auguste Rodin, adquiridas junto ao Museu Rodin Paris, que passaram a embelezar sobremaneira a espacialidade do museu.

Fonte: De Villa Catharino a Museu Rodin Bahia 1912 – 2006: Um Palacete Baiano e sua História. Org. Katia Fraga Jordan. 2006"


Telefone: (71) 3117-6987
Horário de funcionamento: Ter a sex - 13h às 19h e Sáb e dom - 14h às 18h

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Website: https://museupalacetedasartes.wordpress.com/
Facebook: https://www.facebook.com/PalaceteDasArtes