Dança/Teatro

04 de Outubro

Teatro Gregório de Mattos recebe sete espetáculos gratuitos

Teatro Gregório de Mattos  recebe sete espetáculos gratuitos

No mês de outubro, o Teatro Gregório de Mattos  recebe sete atrações gratuitas como parte da programação do Encontro Periférico de Artes – EPA!  Os ingressos estarão disponíveis, a partir das 17h, na bilheteria do teatro, nos dias das apresentações. O Encontro é dedicado a valorização e a difusão de manifestações dos universos da arte negra e da periferia.
 
Abertura
Na terça-feira, dia 02-10,   ás 19h, um dos mais tradicionais blocos afro de Salvador, o Male Debalê,  leva ao palco as raízes da cultura afro, por meio de suas canções, danças e fantasias. A Cia Baile também sobe ao palco, com apresentação do espetáculo “Baile”, que propõe um mergulho nas danças sociais e de rua. A outra atração da noite  é  Mr Armeng, onde o ritmo, arte e poesia  são marcas registradas do rapper e produtor.
 
Na quarta-feira, dia 03-10, às 19h, a  Cia Balé Baião (CE) leva resistência ao palco com a performance ‘No Bambo’. Rito-grito-denuncia em tempos de opressão e reinvenção popular, tudo isso faz parte da obra.
 
Ainda no dia 03-10, o espetáculo “Por que, Zé? da  ExperimentandoNUS entra em cena. Uma performance de dança contemporânea que tensiona a diversidade cultural brasileira em sua corporalidade pulsante.
 
Na sexta-feira, dia 04-10,  terá muita ancestralidade no palco do Gregório de Mattos, com a coreografia  CorpoCatimbó, apresentada pelo artista Zé Viana Junior (CE). Um corpo ancestral na encruzilhada, saravando a potência desse encontro/reencontro entre a cena e o encantamento ritual.
 
No sábado, dia 05-10, às 19h, é a vez do espetáculo Joãozinho da Goméia: De filho do tempo a Rei do Candomblé, da Cia de teatro carioca, Karma Círculus.
A montagem,  com direção de Átila Bezerra, conta a trajetória do mais importante babalorixá da história do Brasil. Foi Joãozinho que popularizou o candomblé no Brasil, por meio da dança. Era considerado um homem à frente do seu tempo que não se envergonhava de ser homossexual e pai-de-santo, que afrontava os princípios de que homens não podiam “receber” o Orixá em público.

Sobre o EPA
Promovido e idealizado pela Companhia de Dança ExperimentandoNUS, o encontro reúne diversas linguagens artísticas, como dança, oficinas, debates, exposições, performances, literatura, audiovisual. Toda programação é gratuita.

Batalha do Pagode
Um dos momentos mais esperado é a Batalha do Pagode, que será realizada no dia 06 de outubro. domingo, às 14h, no Teatro Gregório de Mattos. A competição vai reunir os 24 selecionados.